• Márcio de Miranda

Médica Chefe do laboratório espanhol anti-doping comenta caso Froome


O jornal madrilenho As publica na edição desta terça - feira, uma entrevista exclusiva com a médica chefe do laboratório espanhol anti-doping, Rosa Ventura. Médica especializada em Salbutamol, substância encontrada duas vez mais que o permitido no exame do britânico Chris Froome, da equipe Sky, quatro vezes vencedor do Tour de France (2013, 2015, 2016 e 2017), realizado durante a Volta da Espanha deste ano.

Rosa diz na entrevista que: 2.000 nanogramas de salbutamol só pode ter sido ingerido de outra forma diferente da padrão, a inalação. Até porque é uma asma diagnosticada há anos.

A médica e a sua equipe em Barcelona desenvolveram um método de detecção de salbutamol por via oral: se processado no fígado antes de atingir a urina é considerado uso ilegal

Ela fala ainda que ninguém da União Internacional de Ciclismo (UCI) ou Agência Mundial Anti-doping (WADA) entrou em contato com o laboratório para o caso Froome. Nossa ferramenta não acusa se inalado, mas descobre uso oral.

Para evitar uma punição severa, Froome contratou o advogado Mike Morgan, que já defendeu Alberto Contador e Maria Sharapova.

#Doping #UCIWorldTour #TourdeFrance #VoltadaEspanha #Froome

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png