• Márcio de Miranda

Goiás inaugura Caminho de Cora Coralina, com Raiza Goulão embaixadora


A goiana Raiza Goulão, única representante brasileira no MTB feminino da Rio-2016 e atual Top 10 do mundo, foi convidada para pedalar na abertura oficial do Caminho de Cora Coralina, que aconteceu entre 18 a 20 de abril em Goiás. Cora Coralina é uma das maiores escritoras brasileiras e por ser goiana deu nome ao novo percurso. Ele foi inspirado na Estrada Real de Minas Gerais e no Caminho de Santiago, na Espanha. A intenção é transformar um percurso usado por bandeirantes, há centenas de anos, em uma estrada visitada por aventureiros (a pé, a cavalo ou de bike) interessados em conhecer as belezas naturais e a cultura do estado.

Veja como foi o primeiro dia de pedal

O Caminho de Cora Coralina possui 300km e eles podem ser percorridos de bicicleta, a pé ou a cavalo (carros não conseguem atravessar vários trechos). Os viajantes vão desfrutar da típica vegetação do cerrado, das belas casas dos séculos 18 e 19, de antigas ruínas da corrida ao ouro e de fazendas e cidades históricas.

- Neste período (18 -20/04) além de me emocionar bastante, senti muito orgulho de ser goiana e perceber o quanto meu estado representa bem o Brasil. Ter sido escolhida para participar do Caminho e ser representante de Cora Coralina foi bacana demais. A minha certeza é de que este Caminho de Cora Corolina tem nível e estrutura dos trajetos de cicloturismo internacional - disse Raiza Goulão após percorrer o trajeto.

Cora Coralina, pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (Cidade de Goiás, 20 de agosto de 1889 — Goiânia, 10 de abril de 1985), foi uma poetisa e contista brasileira. Ela era filha de Francisco de Paula Lins dos Guimarães Peixoto, desembargador nomeado por D. Pedro II, e de dona Jacyntha Luiza do Couto Brandão. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, ela teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais), quando já tinha quase 76 anos de idade.

Mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.

#RaízaGoulão #MTB

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png