• Márcio de Miranda

Henrique Avancini conquista o tetra do Brasileiro de MTB XCO


Pedalando contra os melhores do mundo, Henrique Avancini, da equipe Cannondale Factory Racing, quebrou barreiras e alcançou resultados históricos durante as últimas semanas, no circuito mundial. O ótimo desempenho se manteve no último domingo (22/07), no Brasil, durante o Campeonato Brasileiro de MTB XCO 2018, disputado em São Paulo, onde Avancini conquistou o seu 13º título nacional. - Cruzar a linha de chegada e poder comemorar com a torcida incrível que marcou presença na pista, além de todos os meus amigos e minha família, é um sentimento indescritível. Esse foi o meu 13º título brasileiro e tenho muito orgulho desse resultado, do nosso povo. Como eu costumo dizer lá fora, podem errar até a pronuncia do meu nome, mas não errem o nome do meu país -, contou Avancini. Segundo colocado na última atualização do ranking mundial e detentor da melhor marca do MTB Brasileiro em Mundiais e Copas do Mundo, Henrique Avancini faz questão de não esconder o orgulho de defender a bandeira verde e amarela por todos os países onde compete.

- Realmente essa tem sido uma temporada fantástica, de muitas realizações. Eu trabalhei durante muitos anos e quanto as coisas começam a aparecer com mais naturalidade é super especial. Na prova de hoje, consegui administrar bem todas as voltas e fui bastante prudente, sempre tentando controlar a corrida para evitar qualquer tipo de problema mecânico ou queda. Fico muito feliz em retomar esse título nacional. Poder voltar a correr com a bandeira do Brasil no peito tem um significado muito importante -, destacou. Avancini largou forte e desde a entrada no start loop dividiu a liderança com Luiz Henrique Cocuzzi. Depois da metade da prova, Avancini assumiu a liderança e seguiu imprimindo um forte ritmo até completar as cinco voltas e conquistar a medalha de ouro em 1h26min51. Este é o quarto título de Avancini na Elite (2013, 2015, 2016 e 2018).

A segunda colocação ficou com a nova promessa do MTB Brasileiro, José Gabriel Marques, de apenas 22 anos, que representa a equipe Groove/Shimano/Chaoyang, O ciclista cruzou a linha de chegada com 1h27min54 e não escondeu a emoção de subir ao pódio no seu primeiro ano na categoria elite. - Chegar no pódio logo no meu primeiro ano de elite foi demais. É uma emoção muito grande. Foram meses de preparação focado no Brasileiro, então poder terminar a prova com a medalha de prata mostra que estou seguindo o caminho certo -, comentou. A terceira colocação ficou com Guilherme Muller, também de 22 anos, da Sense Factory Racing, que completou a prova em 1h29min04. Na categoria Sub-23 masculina, Mario Couto Santos, da Sense Factory Racing, conquistou a medalha de ouro, levando a melhor sobre Edmilson Aquelino Macedo, do Lar Nossa Senhora Aparecida, segundo colocado, e Jeferson Batista Flores, da ACM, em terceiro. O título da Junior masculino ficou com Ygor Oliveira, do Clube Esportivo Loucos por Trilha, seguido por Thiago Freitas Souza, da Seven Racing, e Pedro Goulart, segundo e terceiro, respectivamente. Entre os demais campeões, também comemoraram o título: Lazaro Moreira na Infantojuvenil, Alex Malacarne na Juvenil, Danillo Henrique na Master A1 (30-34 anos), Marcelo Manoel na Master A2 (35-39 anos), Marconi Ribeiro na Master B1 (40-44 anos), Gustavo Jorge na Master B2 (45-49 anos), Welington Aquino na Master C1 (50-54 anos), Ricardo Machado na Master C2 (55-59 anos), Dilermano Melo na Master D1 (60-64 anos), Hélio Vilela na Master D2 (65-69 anos) e Lucio Soares na Sub30.

#HenriqueAvancini #MTBXCO

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png