• Márcio de Miranda

Henrique Avancini mira pódio na Copa do Mundo de MTB em etapa que pode coroar campeão antecipado


Palco tradicional do Mountain bike mundial, a pista de Mont-Sainte-Anne, em Québec, no Canadá, está pronta para mais um grande capítulo na história do esporte neste final de semana. Lenda-viva do ciclismo, o suíço Nino Schurter está bem próximo de se sagrar campeão da Copa do Mundo pela sexta vez na categoria cross country olímpico já na prova canadense, enquanto o brasileiro Henrique Avancini, segundo colocado na classificação geral, busca se manter no pelotão dianteiro para garantir um lugar no pódio. O público brasileiro poderá acompanhar todas as emoções ao vivo pela internet, com narração em português. Favorito, Nino Schurter encontrou algumas dificuldades técnicas em provas ao longo do ano e viu surgirem novos postulantes ao título. Contudo, a consistência do suíço prevaleceu durante a temporada e ele chega à etapa do Canadá com cerca de 400 pontos de vantagem para o segundo, Mathieu Van der Poel, e a chance de se sagrar campeão antes da última parada, em La Bresse, na França.

- É difícil manter consistência, e o Nino mais uma vez foi muito equilibrado ao longo do ano. Acho muito difícil ele perder o título, mas não é uma preocupação para os demais atletas, que vão tentar algo pontual, como vencer uma etapa. A disputa mais acirrada é para ficar no pódio geral da Copa do Mundo, uma marca muito importante pra nós. É a principal referência de performance no cenário mundial -, analisa Henrique Avancini. Na última temporada, o brasileiro chegou ao Canadá credenciado com um inédito Top 10 em Andorra. De lá para cá, ele já venceu um short track e subiu duas vezes ao pódio no XCO. No Canadá, ele se mostra bem preparado para encarar o circuito. - A expectativa para Mont-Sainte-Anne é positiva. Fiz o meu bloco de treino mais exigente até aqui na temporada, e a resposta foi boa. É um bloco que me prepara não somente para este final de semana, como me dá carga grande até o Campeonato Mundial. Vou chegar na prova com uma carga um pouco mais pesada de treino, mas em boas condições. Pretendo estar, mais uma vez, em torno do pódio -, afirma o brasileiro, que acredita na importância de continuar pedalando no pelotão dianteiro para amadurecer profissionalmente e atingir resultados ainda melhores.

A pista de Mont-Sainte-Anne tem características peculiares, como mudanças bruscas na temperatura e instabilidade das condições climáticas. As subidas têm áreas bastante íngremes, sempre sobre lajes de pedras, terrenos irregulares e variação de velocidade. Estes aspectos incidem acerca das escolhas dos equipamentos, principalmente com relação aos pneus. Os amantes do ciclismo poderão acompanhar todas as emoções do short track e do cross country olímpico, ao vivo e em português, pela Red Bull Tv em português. Na sexta (10), o XCC começa às 18h20. No domingo (12), a decisão entre as mulheres no XCO começará às 13h (horário de Brasília), enquanto a masculina se inicia às 15h30. Quem estará no comando da narração da prova é a mineira Andrea Marcellini. Um dos nomes mais respeitados do esporte no Brasil, ela é idealizadora da ‘Hora do Blush’, projeto que incentivou mulheres a pedalarem, e foi uma das organizadoras das provas de ciclismo nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016. Serviço: Etapa de Mont-Sainte-Anne da Copa do Mundo de MTB Short Track Data: 10 de agosto de 2018 Horário: a partir das 18h20 (horário de Brasília) Narradora: Andrea Marcellini (Português) Link da transmissão: http://www.redbull.tv/uci/portugues Etapa de Mont-Sainte-Anne da Copa do Mundo de MTB Cross Country Olímpico Data: 12 de agosto de 2018 Horários: Final Feminina: a partir das 13h (horário de Brasília) Final Masculina: a partir das 15h30 (horário de Brasília) Narradora: Andrea Marcellini (Português) Link da transmissão: http://www.redbull.tv/uci/portugues

#HenriqueAvancini #MTB

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png