• Márcio de Miranda

70.3 de São Paulo fará sua estreia em no próximo mês


Uma das mais importante cidades do mundo, São Paulo se prepara para mais um grande evento. Maior centro de prática do triatlo nacional, a capital paulista fará sua estreia no calendário do Circuito Ironman 70.3 no dia 10 de novembro, com arena e transição montados na Cidade Universitária de São Paulo – USP. E a prova chegará forte, tendo atingido seu limite técnico uma semana após a abertura das inscrições, no primeiro semestre. Isso confirma a importância de uma etapa do circuito na cidade.

Serão 1600 triatletas de 14 países, todos da Faixa Etária, enfrentando 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida e disputando vagas (40) para o Ironman 70.3 World Championship, programado para os dias 28 e 29 de novembro de 2020, em Taupo, na Nova Zelândia.

O 70.3 de São Paulo será o quinto do gênero no país, ao lado de Florianópolis (SC), Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE). A etapa paulista terá a parte da natação, com uma volta, na Raia Olímpica da Cidade Universitária de São Paulo. Em seguida, duas voltas em um circuito de bike na Marginal Pinheiros, e finalizando com três voltas de corrida dentro do campus da USP. O desafio, que tem o limite de 8 horas de duração, poderá ser visto de perto por um grande público.

Por falar em público, o evento terá importante papel na economia de São Paulo. São esperados quinze mil pessoas durante os cinco dias de duração. Estima-se uma movimentação econômica da ordem de 19,2 milhões, movimentando a rede hoteleira, de restaurantes, lojas e shoppings, comprovando, mais uma vez a importância da prova para o calendário da cidade.

#Ironman703

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png