• Planeta da Bike

Fodaxman Extreme Triathlon está confirmado para 13 de dezembro, na Serra do Rio do Rastro (SC)


A temida Serra do Rio do Rastro / Divulgação

Está confirmado: o Fodaxman Extreme Triathlon será realizado no dia 13 de dezembro, em Santa Catarina. A prova de triatlo extremo que contempla a passagem pela Serra do Rio do Rastro precisou passar por adequações. Uma delas foi a data. Então previsto para o dia 12 de dezembro, o Fodaxman foi remarcado para o dia seguinte, um domingo, por conta de obras na rodovia SC-390, justamente no trecho da Serra do Rio do Rastro. 


Outra mudança necessária foi o local da natação. Os 4 km da modalidade serão realizados na Lagoa dos Esteves, no Balneário Rincão, também ao Sul de Santa Catarina, e na mesma região das duas primeiras edições do evento, em vez da Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis. 


A Casan, responsável pela barragem, não nos autorizou a prova pela questão da Covid-19, por um protocolo da própria distribuidora. Portanto, a natação será na Lagoa dos Esteves, na mesma região, e sem consequências significativas para o percurso. A outra questão foi a alteração na data por causa de obras na Serra do Rio do Rastro, em que temos a liberação ao tráfego somente aos domingos. Consultamos os atletas inscritos sobre estas duas alterações, recebemos a aceitação deles e confirmamos a realização da prova”, explica Fernando Palhares, um dos organizadores do Fodaxman. 

Triatleta durante a prova / Divulgação

Pautado em realizar uma prova de atleta para atleta ao longo dos 5 anos de existência, o Fodaxman Extreme Triathlon aguardou pelas avaliações de riscos da Covid-19 por parte das autoridades de saúde para garantir um evento sobretudo seguro aos atletas e com a confirmação da realização em tempo hábil para adequações conforme protocolos sanitários pela organização. 


Além disso, a decisão da realização do evento passou pelas mãos dos competidores. A organização decidiu abrir para que os atletas inscritos opinassem sobre a permanência da prova ainda em 2020. “Nós questionamos todos os atletas sobre adiar ou não a prova e aceitação foi muito grande por parte dos atletas. A maioria fez questão de competir ainda em 2020, mesmo com as alterações necessárias na data e no local da natação”, avalia Palhares. 


O Fodaxman Extreme Triathlon tem 4 km de natação, na Lagoa do Esteves, no Balneário Rincão, 180 km de ciclismo, que inclui a subida da Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, e 42 km de corrida, entre eles a parte final no Morro da Igreja, em Urubici. São 4,7 mil metros de altimetria acumulada e com a chegada a 1.818 metros acima do nível do mar. 


Na edição do ano passado o Fodaxman Extreme Triathlon integrou o calendário da Xtri World Tour, que reúne provas de triatlo extremo em todo o mundo, como prospect race (prospecção). Em 2020 figura novamente na programação já como prova oficial do circuito mundial. 


Todos os campeões do Fodaxman Extreme Triathlon


2017 (1ª edição - janeiro)  - Luiz Inácio Silva – 12h46

2017 (2ª edição - dezembro) - Felipe Dayrell – 12h58 e Lívia Bustamante – 14h23

2018 (3ª edição - dezembro) - Jonathan da Silva - 12h09 e Luiza Tobar - 12h58 (recorde de prova)

2019 (4º edição - dezembro) - Thiago Menuci - 11h12 (recorde de prova) e Lívia Bustamante - 14h23

cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png