Campanha de conscientização para não se pedalar esportivamente em área de lazer


Ciclistas após treino na APCC / Divulgação CSC-RJ

No último final de semana houve um aumento na fiscalização do uso das áreas de lazer para evitar que ciclistas em treinamento colocassem pedestres em risco. Mesmo não sendo permitido pedalar esportivamente no Aterro do Flamengo, na Zona Sul carioca, havia um acordo informal para os treinos irem no máximo até às 8:30h. Só que devido a acidentes e não observação a este acordo, a Prefeitura proibiu de vez os treinos nos domingos e feriados. Mas em negociação com a Comissão de Segurança ao Ciclismo do Rio de Janeiro (CSC-RJ), há um projeto para que se crie uma nova Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC) na Zona Portuária.

Dando continuidade aos trabalhos iniciados no domingo passado, membros voluntários da CSC-RJ irão auxiliar amanhã os agentes da Guarda Municipal no processo de conscientização dos ciclistas, distribuindo 300 panfletos, sobre a importância do cumprimento da Lei Municipal 5629 de 2013 que limita a velocidade dos ciclistas em no máximo 20km/h dentro das áreas de lazer.

Com o crescimento do esporte, mais de 200 ciclistas de diferentes modalidades (triatlo, ciclismo, mtb, fixas e handbikes) vem compartilhando as pistas do Aterro, que ficam fechadas para o trânsito, de terça a quinta - feira, de 4h às 5:30h, na APCC Pedro Nikolay.

Flyer da campanha de conscientização / Divulgação

#APCC #CSCRJ #ÁreadeLazer #AterrodoFlamengo #Trânsito

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube