Nairo Quintana está recuperado do Giro e pronto para o Tour de France


24 dias depois de subir ao pódio do Giro de Itália, o colombiano Nairo Quintana, da equipe Movistar, segue nos treinos para a sua prova alvo do ano, o Tour de France. Apenas 33 dias separam as duas Grandes Voltas. Nairo preferiu evitar viagens longas e ficou na sua residência em Mônaco. Pela quarta vez o colombiano vai enfrentar o Tour, nos anos anteriores ele foi segundo em 2013 e 2015. Ano passado ficou em terceiro.

Curta o Planeta da Bike no Facebook.

Nairo descansou em casa uma semana e começou lentamente a treinar, tendo a oportunidade de ir a alguns locais das principais etapas do Tour. Na semana passada, visitou as etapas dos Alpes e esses dias vão sempre exigir mais. E esta semana o treinamento foi intensificado. Agora o trabalho está quase concluído e está prestes a chegar em boas condições no início do Tour.

- Os objetivos não mudaram. Nos preparamos para o Giro e o Tour para ganhar, mas sabíamos que era muito difícil. Os objetivos permanecem os mesmos no Tour -, disse Nairo.

Ele também falou dos principais adversários.

- Para mim Froome continua a ser o favorito. É sempre forte no Tour, é uma corrida, é claro que ele faz bem e vai chegar 100% . Porte está muito bem este ano, ele fez coisas nesta temporada que o credenciam como favorito. Em seguida, Contador ou Bardet, cada um com suas características próprias, são rivais muito perigosos. Ainda tem o Aru, o Yates, mas o Giro foi o melhor exemplo, vem sempre uma surpresa - afirmou o colombiano.

Quintana também analisou as três semanas de competição.

Tour - 1ª semana

- Começamos com um contra-relógio, mas como sempre a meta na primeira semana é evitar o perigo. Muitas vezes você fazer um monte de preparação, você está em perfeito estado e, em seguida, você perde tudo para o perigo e a tensão nos primeiros dias do Tour.

Tour - 2ª semana

As duas etapas nos Pirinéus são muito exigente e eu acho que depois delas já teremos uma imagem muito clara do que será o pódio final. Para mim é especialmente difícil o Peyragudes. Será um estágio de 214 km e um dia de muito desgaste, porque você está a muitas horas indo para cima e para baixo. E o segundo é muito curto, mas o percurso é muito difícil. Temos visto estágios similares em outras Voltas e o estrago que eles causam.

Tour - 3ª semana

Certamente, a corrida já vai ter selecionado os melhores após passar os Pirinéus e os Alpes. E para terminar tem o contra-relógio em Marselha, que tem uma subida muito difícil.

O Tour de France começa no sábado 1 de julho, em Dusseldorf, na Alemanha, com um contra-relógio individual de 14km.

#NairoQuintana #TourdeFrance #UCIWorldTour #GirodeItália

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png