Nova Epic 2018 tem o quadro mais leve do mercado para pedalar na montanha

2 Jul 2017

A nova Specialized Epic 2018 lançada no último sábado, é a bike de XC mais rápida do mercado. Veloz e plana, acidentada e técnica, íngreme e difícil  são os terrenos que o lançamento do fabricante americano vai enfrentar pela frente. Seu design é totalmente novo, devido as mudanças nas pistas ao longo dos últimos anos. E enquanto as estradas de terra batida costumavam reinar no XC, elas foram substituídas por rock gardens e singletracks técnicos, mas com os ciclistas pedalando no limite e com força total.

 

 

Pela primeira vez foi usado em uma bike de moutain bike a ferramenta Rider-First Engineered, que cria uma bike para cada tamanho de ciclista. Com isto, eles desenvolveram uma geometria moderna de XC, então no tamanho S ou XL, você terá a mesma experiência e qualidade no pedal, sem a bike ser muito rígida ou pedalar como um macarrão molhado. Devido a nova forma de construção, o quadro Rider-First Engineered economiza até 525 gramas, nos quadros Pro, Expert e Comp mantendo a rigidez.

 

Foi criado também um novo Brain e uma nova plataforma de suspensão. Agora mais perto do eixo traseiro para maior absorção e melhor leitura do terreno. É a única suspensão que consegue diferenciar a força do ciclista e as imperfeições da trilha. Ela se mantém firme no terreno suave e abre ao passar por imperfeições e irregularidades. A necessidade de travas, cabos extras e controles remotos acabou.

 

As portas de óleo e sua trajetória de fluxo foram redesenhadas para reduzir a turbulência do óleo e proporcionar um amortecimento mais consistente. E a equipe de engenheiros  também mudou o encaixe da mangueira, então não há nenhum problema de fricção contra o quadro, fazendo com que seja a versão Brain mais discreta já feita. As mangueiras são roteadas diretamente através da extensão da suspensão, eliminando curvas e encaixes desnecessários, melhorando o fluxo do óleo.

 

                                                  Veja como funciona o novo Brain

 

O alcance do guidão sofreu alterações  para criar uma dianteira mais longa e mais estável. Para manter a posição do ciclista consistente com o que temos hoje, foi encurtado o comprimento da mesa, o que também confere uma pilotagem mais rápida. Enquanto isso, o ângulo do tubo da caixa de direção foi aberto em 1.5º para criar um ângulo agressivo de 69.5 graus. Estas duas mudanças juntas criam uma bike muito mais confiante em velocidade e nas descidas íngremes em terrenos acidentados. Para uma melhor suspensão foram testadas dúzias de configurações e de tipos de garfos, até chegarem no que ofereceu o melhor equilíbrio entre estabilidade e pilotagem ágil. O modelo vem com garfo de 42mm.

 

A Traseira foi refeita com o intuito de reduzir o peso drasticamente. Para fazer isso, removeram os pivots da traseira nesta nova plataforma, e esta decisão economizou 240g (39% mais leve) somente na traseira. Isto, juntamente com a nova suspensão Brain, permitiu melhorar muito o desempenho geral da bike, além de economizar até 525g em alguns quadros. A remoção dos pivots também criou uma traseira mais rígida, e isso significa uma maior transferência de potência. A nova EPIC está disponível nas versões masculina e feminina.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Please reload

Procurar por Tags
PDB 72 BR Ride.jpg
Nosso canal no Youtube
logo timeraiz.png
logoLPH.png
PDS CLEAN.png