CIMTB: Luiz Cocuzzi e Raiza Goulão faturam a primeira edição paulistana


Raiza em ação no XCO / Márcio de Miranda

A poeira subiu no primeiro dia de provas da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin) em São Paulo. Na Super Elite Feminina e Masculina os atletas lutaram na decisão que aconteceu neste sábado (23). Os primeiros lugares ficaram por conta de Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker-Rotor) e Luiz Henrique Cocuzzi (Equipe Lar / Scott / Kuruma / KMC / Penks). Os vices e terceiros colocados no masculino foram o espanhol Sérgio Mantecón (Trek Factore Race) e Sherman Trezza (Caloi Elite Team), no feminino Letícia Candido (TSW Race Team) e Viviane Favery (Rose Vaujany fueled by ultraSPORTS) completaram os três primeiros lugares.

Curta o Planeta da Bike no Facebook.

Cocuzzi liderando no masculino / Márcio de Miranda

Cocuzzi disse que conseguiu fazer uma prova constante e se manteve sempre nos primeiros colocados. - Tentei não deixar espaço. A pista estava muito rápida, e não tinha tempo descanso, todo mundo atacando e brigando pela ponta. Eu tentei poupar ao máximo para conseguir abrir um pouco no final -, afirmou. O atleta também avaliou a pista. - Está cheia de single, divertida e muito veloz. Está aprovada. Dentro da capital de São Paulo é difícil ter uma pista desse nível -, afirmou. O segundo colocado, o espanhol Sérgio Mantecón afirmou que a competição fica ainda maior junto com a Brasil Cylce Fair. - É uma competição especial, porque está junto com a feira ficando ainda maior. O circuito é muito técnico e ao mesmo tempo muito bom e divertido, especialmente com os atletas brasileiros que sempre têm um alto nível. Havia muitos expectadores, especialmente em alguns lugares. É sempre muito bom ter público assim, principalmente quando se corre longe de casa e assim nos sentimos acolhidos - , comentou.

Letícia Cândido em ação / Márcio de Miranda

No feminino, Raiza Goulão teve uma grande vantagem em relação à segunda colocada e diz que correr no Brasil está ainda mais especial.

- Uma coisa que me marca muito no Brasil, depois de eu ter ido morar na Europa, é o carinho do público e das organizações de prova, dando valor nos atletas nacionais. Muito agradecida pela organização da CIMTB, por estar aqui prestigiando e muito surpresa por ter um circuito desse nível técnico, dentro de São Paulo. Vale a pena ter a CIMTB junto com a Brasil Cycle Fair, está sendo incrível. Voltar da Espanha e sentir esse calor, só me faz ter mais orgulho de ser brasileira -, disse a atleta. Com o resultado, a segunda colocada Letícia Cândido levou o título de campeã da temporada da Super Elite. - Achei a prova bem legal, a estrutura da CIMTB como sempre muito bacana e a pista estava ágil e rápida. Tinham poucas subidas duras e era mais agilidade, muitas árvores próximas uma da outra e o terreno bem desregular. Para mim é uma vantagem esse circuito porque eu gosto muito -, comentou. A vice-campeã lembrou que está passando por um período de recuperação física. - Graças a Deus eu me senti bem, consegui atingir meu objetivo, manter a camisa de líder e o título da CIMTB que é muito importante na minha carreira -, comentou.

Marrom MC e Raíza Goulão após a corrida / Márcio de Miranda

A terceira colocada, Viviane Favery, se emocionou de pedalar na cidade que faz parte da história dela. - Há pouco tempo eu morava em São Paulo e eu estava tendo uma vida muito diferente como executiva de marketing e vir para uma prova de mountain bike na minha cidade, onde eu nasci e cresci, ao lado da minha casa e estar pedalando entre as três melhores atletas do país não tem preço. Estou realizada e contente que a etapa do ano que vem está confirmada, e é importante para as pessoas terem contato com o esporte -, disse.

#CIMTB #RaízaGoulão #MTB

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube