24h de MTB de Botucatu abre a temporada de provas da Brasil Ride neste sábado


O fim de semana será de muita adrenalina e superação na região da Cuesta Paulista. Entre sábado e domingo (24 e 25) será realizada a Brasil Ride 24h Series de MTB, em Botucatu (SP), um aquecimento para o Campeonato Mundial de 24h de MTB Solo de 2019. O evento internacional está marcado para a cidade de Costa Rica (MS), em julho do ano que vem, com o Pré-Mundial já agora em julho de 2018. Na programação do evento de Botucatu também está a abertura do circuito Trail Run Brasil Ride, edição de outono. A primeira etapa do ano da 24h Brasil Ride Series de MTB tem a confirmação de 300 inscritos, que disputarão as categorias solo, duplas, quarteto e sexteto. - Teremos neste fim de semana mais um evento preparatório para o Mundial, contando com a presença do secretário de Turismo, Meio Ambiente, Esporte e Cultura de Costa Rica, Keyler Simey. Serão dois atletas da cidade-sede competindo, o Victor Renato e o Ronaldo Garcia, ambos na solo, e destaque para ciclistas como a Raquel Gontijo, atual tricampeã do evento, e o atleta da PNE Bruno Paim, um grande exemplo de superação -, ressalta Mario Roma, fundador da Brasil Ride.

A programação da prova terá início na sexta-feira (23), com abertura da secretaria e retirada dos kits entre 16h e 20h, no ginásio de esportes de Botucatu. A largada será no sábado às 12h, no estilo Le Mans (largada a pé com as bikes no estacionamento), e a chegada está prevista para 24h depois, ao meio-dia do domingo. A premiação será logo em seguida, às 13h. Também na arena montada no ginásio de esportes de Botucatu, será realizada na manhã do domingo a Trail Run Brasil Ride, tradicional circuito de corrida de montanha, com 800 corredores inscritos. Serão três percursos nas distâncias de 21 km (altimetria 721 m), que pela primeira vez fará parte do circuito, com a largada às 8h30, 16 km (altimetria 537 m), a partir das 9h10, e os 6 km (altimetria 190 m), às 10h. - Entre os destaques da Trail Run está Giovana Martins, tricampeã da Meia Maratona da Disney, em ação nesta mesma distância, que estreia nas provas do circuito. Assim como Mirlene Picin, a Mika, que é bicampeã sul-americana de ski cross country e tem 26 medalhas em sul-americanos de biathlon de inverno, que irá correr os 16 km, e o Diogo Malagon, atleta profissional de Triathlon Cross Country, da Specialized Elite Team -, destaca Mario Roma.

A partir da atual temporada, haverá rankings para as duas modalidades, mountain bike e trail run, considerando as 13 disputas programadas para 2018. No MTB, as provas que valerão para o ranking, com pesos diferentes, são 24H Brasil Ride, Warm Up Pro, Warm Up Sport, Maratona dos Descobrimentos e a Ultramaratona Brasil Ride. No MTB, a organização divide em três níveis: Gold, com 100 pontos para os campeões da ultramaratona; Silver, com 75 pontos para quem subir no lugar mais alto do pódio, na 24H Brasil Ride e Warm Up Pro; e Bronze, valendo 50 pontos para os vencedores do Warm Up Sport e Maratona dos Descobrimentos. Já na trail run, haverá quatro diferentes níveis de pontuação. Além de Gold, Silver e Bronze, presentes no MTB, há também o Steel, com 25 pontos para os campeões nas mais variadas categorias. No máximo patamar das corridas de montanha está a Ultra 70K, na Gold, ou seja 100 pontos para os vencedores. Na pontuação Silver aparecem as distâncias 32 km e 21 km, ofertando 75 pontos para os campeões, a Bronze valerá para a distância de 12 km, com 50 pontos em jogo, e por fim a distância 6 km na pontuação Steel.

#BrasilRide #MTB

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png