Segunda etapa da CIMTB é a primeira prova no Brasil a contar pontos para Tóquio-2020


A segunda etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin) será a primeira prova no Brasil a contar pontos para o ciclo Olímpico de Tóquio-2020. O evento que acontece na UFOP, Campus Cruzeiro, entre os dias 8 e 10 de junho está com as inscrições abertas. De acordo com o critério divulgado pela União Ciclística Internacional (UCI), o período de qualificação do Mountain Bike Olímpico é entre 28 de maio de 2018 até 27 de maio de 2020. Confira o sistema de classificação aqui.

Em Ouro Preto, a Super Elite terá provas de Cross Country Olímpico (XCO) Classe 1 que oferece 60 pontos aos campeões e Short Track (XCC) Classe 3, 10 pontos aos campeões.

De acordo com o critério, a prova Cross Country Olímpico de Tóquio terá 38 vagas para o Feminino e 38 para o Masculino, sendo que em cada um deles, uma das vagas é reservada para atletas do país de origem. Cada país tem direito a ter no máximo três representantes, tanto masculino quanto feminino. O ranking é calculado pela soma dos pontos dos três atletas mais bem posicionados de cada país na classificação individual do ranking Cross-Country da UCI. Países empatados têm suas posições determinadas por seus atletas mais bem posicionados na classificação individual de XCO de 28 de maio de 2020.

O mountain bike brasileiro fez história no Rio-2016, já que teve dois representantes masculinos, Henrique Avancini e Rubinho Valeriano, sendo que a segunda vaga foi conquistada através do sistema de ranking, e uma representante feminina, Raiza Goulão. - Para nós é uma grande honra fazer parte da história dos Jogos Olímpicos. A CIMTB Levorin é decisiva desde os Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim, passando por Londres em 2012, Rio de Janeiro em 2016 e agora Tóquio-2020. Será nossa quarta participação nos Jogos e isso nos orgulha muito -, disse o organizador da prova, Rogério Bernardes.

Ele também ressaltou sobre a 1º etapa do evento. - Temos a prova por estágios em Araxá, Stage Race, que é uma das quatro provas no mundo com esta classificação e pontuação. Também temos outras provas acontecendo com peso Classe 1 (Ouro Preto e São Paulo), Classe 3 com provas de XCC (Short Track) em Ouro Preto e São Paulo e a prova de Maratona em Congonhas, que para a Elite conta pontos para a UCI Marathon Series. Além da UCI Junior Series. Este ano também teremos a Copa do Mundo de XCE, que faremos em novembro. É muita responsabilidade para cada ano de trabalho mas estamos sempre motivados -, finalizou Rogério.

#CIMTB #MTB #Tóquio2020

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png