Elo Perdido apresenta um Brasil que busca a inclusão da bicicleta como meio de transporte

12 Jun 2018

 

 

 

 

Aconteceu na última segunda-feira (11), no Espaço Itaú de Cinema, na Praia do Botafogo, na cidade do Rio Janeiro, a pré-estreia do filme Elo Perdido. O mais novo documentário da Renata Falzoni, do Bike é Legal. O evento lotou a sala 6, com apaixonados pela bike.

 

 

O longa metragem foi produzido inteiramente pensando na bicicleta, sem o uso de automóveis, sob os olhares atentos de Murilo Azevedo e Renata Falzoni, em diversas localidades brasileiras - São Paulo, Rio de Janeiro, Joinville e Afuá - são algumas das locações, que propõe um debate sobre a bicicleta e o futuro das cidades sem focar nas mazelas do cotidiano. 

Elo Perdido busca os focos e motivos para o uso da bicicleta como meio de transporte, mesmo dentro de um cenário de tanta motorização. Nele se discute o uso racional e a importância dela nas cidades. O filme apresenta ao grande público, locais como Paquetá e Afuá em que a bike é a principal estrela.

 

Nós gostamos do Elo Perdido por ele apresentar um Brasil que é pouco visto e percebido nas capitais. Sem a bicicleta, os grandes centros do Brasil estariam travados. No interior do País, as magrelas fazem parte do dia a dia e os moradores destas regiões tem noção da importância deste meio de transporte. O lançamento oficial deve ocorrer em setembro, durante a semana da mobilidade.   

 

 

Compartilhar
Twittar
Please reload

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube