Fumic e Avancini de olho no lugar mais alto da Cape Epic 2019


Depois de terminar em quarto lugar em 2017 e terceiro em 2018, Manuel Fumic e Henrique Avancini, da Cannondale Factory Racing XC, estão buscando o primeiro degrau do pódio da Absa Cape Epic em 2019

O alemão Manuel Fumic e o brasileiro Henrique Avancini usaram as camisas dos líderes amarela em cada uma das duas últimas edições do Absa Cape Epic, a principal ultramaratona de mountain bike do mundo. Neste ano de 2019, a dupla da Cannondale Factory Racing está mirando o topo do pódio. E, se eles garantirem o título, não poderia haver vencedores mais populares. O brasileiro Avancini, o atual campeão mundial de Maratona, tem o apoio fanático de seus conterrâneos patrióticos. Enquanto o campeão alemão de cross country, Fumic, tem feito muito para popularizar o mountain bike globalmente. Fumic continua a ser uma das figuras mais reconhecidas no pelotão de elite. A dupla deve parte de sua popularidade ao seu estilo de corridas aventureiro e agressivo.

Veja como será a edição de 2019

Fumic em particular também passou a amar a África do Sul, passando longas semanas treinando no País durante os meses de verão. Já tendo feito os percursos de reconhecimento da rota de 2019, ele terá níveis próximos de conhecimento local para a corrida. - Este percurso de 2019 parece bom para nós -, reconheceu Fumic. - Mais subidas também significam mais descidas, e o single track técnico atenderá aos nossos pontos fortes -.

Adicionando sua opinião à de Fumic, Avancini acrescentou: - Prevejo uma corrida mais agressiva e próxima do que no ano passado. Eu realmente aprecio que uma boa parte da rota está localizada em áreas muito tradicionais para mountain bikers. Espero que as pessoas tenham acesso mais fácil aos pontos de observação e desfrutem do Absa Cape Epic mais de perto -.

Refletindo sobre sua familiaridade, em equipe, com as condições sul-africanas, Fumic explicou: - Acho que a maior vantagem para nós é que conhecemos o calor e o clima. É aqui que outros pilotos internacionais lutam mais -.

Tendo terminado em quarto lugar em 2017 e terceiro em 2018, Fumic e Avancini acumularam muitas lições duras durante as duas edições anteriores da corrida. - Tomei muitas lições e isso me ajudou a melhorar -, declarou Avancini, atual campeão mundial de XCM. - Manu e eu fazemos um bom time. Nós realmente competimos juntos. Conhecemos melhor a corrida do que ano passado, vencemos etapas, vestimos a camisa amarela e estivemos no pódio da classificação geral no ano passado. Eu sinto que agora temos as pernas, habilidades e experiência para juntar tudo e lutar pelo título -, concluiu o brasileiro.

Para aqueles que assistem ao lado das trilhas ou no conforto de suas casas e escritórios, no vídeo ao vivo no site do Absa Cape Epic, a questão permanece em torno da falta de uma equipe de suporte. A Cannondale Factory Racing é o único time entre os favoritos da corrida a não ter uma equipe de apoio na corrida de 2019.

- Isso é verdade. Isso pode ser uma desvantagem -, admitiu Avancini. - Mas, por outro lado, tenho Manu e ele tem a mim. Nós não somos dois caras que pedalam para o mesmo time e tentam ganhar uma corrida. Compartilhamos a disputa e isso não acontece com muita frequência na elite. Somos peculiares e as nossas bikes também. É tudo uma questão de risco / recompensa... Não podemos trocar as rodas por equipes diferentes, mas temos uma vantagem material para compensar. Às vezes, ser diferente paga, às vezes não. Vamos ver o que o Absa Cape Epic nos trará este ano -, completou o campeão mundial.

A Cape Epic é a maior ultra-maratona de Mountain Bike do Mundo, ela acontece anualmente na África do Sul, neste ano será realizada entre os dias 17 e 24 de março. A competição está divida assim:

Prólogo (17/03) University of Cape Town – University of Cape Town 21km, 600m

1º Estágio (18/03) Hermanus High School – Hermanus High School 112km, 2 700m

2º Estágio (19/03) Hermanus High School – Oak Valley 86km, 2 250m

3º Estágio (20/03) Oak Valley – Oak Valley 103km, 2 800m

4º Estágio (21/03) Oak Valley – Oak Valley 43km, 1 000m

5º Estágio (22/03) Oak Valley – Stellenbosch 100km, 2 850m

6º Estágio (23/03) Stellenbosch – Stellenbosch 89km, 2 650m

7º Estágio (24/03) Stellenbosch – Val de Vie 70km, 1 800m

Primeiro vencedor

Karl Platt (ALE) / Mannie Heymans (NAM)

Maiores vencedores

Christoph Sauser (SUI - 2006, 2011, 2012, 2013 e 2015) / Karl Platt (ALE - 2004, 2007, 2009, 2010, 2016)

Último Vencedor

Jaroslav Kulhavy (CZE) / Howard Grotts (EUA)​

A maior vencedora na categoria feminina é a dinamarquesa Annika Langvad (2014, 2015, 2016 e 2018), que vai em busca do penta neste ano.

#CapeEpic #HenriqueAvancini #MTB

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png