CIMTB: Argentina Paula Quiros e brasileiro Henrique Avancini são campeões do Contra-relógio em Araxá (MG)

6 Mar 2020

 

Os atletas da Super Elite abriram a CIMTB Michelin. O Contrarrelógio ou Cross Country Time Trail (XCT) foi a primeira prova dos quatro estágios da categoria. Os lugares mais altos do pódio ficaram para Argentina e Brasil. Paula Quiros e Henrique Avancini foram os atletas que deram a volta mais rápida no percurso de XCO. A prova aconteceu na tarde desta quinta-feira (5).

 

No masculino, Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) completou a prova com 13:48:525. O vice-campeão Luiz Henrique Cocuzzi (Soul Bikes) chegou com 14:10:668 e a terceira colocação ficou com Guilherme Muller (Cannondale Factory Racing BR). “A pista está mais fluida e até instiga um pouco a acelerar, retomadas de saída de curvas estão bem melhores. Então se você se encaixar bem na pilotagem, principalmente nas tomadas de curva, você consegue gerar bastante velocidade. Como a pista é mais dinâmica, acaba aumentando a chance de de erros, provavelmente vamos ver mais quedas, porque é mais fácil se distrair. Esse é um ponto a manter a atenção nos próximos dias", comentou o campeão Henrique Avancini.

 

O atleta também avaliou a própria volta. "Fiz uma boa volta. Não esperava fazer uma volta tão rápida, estou me sentindo ainda um pouco cansado da minha última bateria de treinos. Araxá é extremamente importante para mim esse ano por dois motivos, primeiro obviamente porque é sempre uma prova importante e de muito peso no meu calendário e segundo porque é minha preparação final para um dos grandes objetivos da temporada que é a Cape Epic. Esperava que o começo fosse o dia mais difícil e fiquei surpreso por ter fluido bastante bem no primeiro dia, um bom começo, uma boa vitória, principalmente para o o colombiano Leonardo Paes porque é um atleta que eu preciso manter a atenção, já que sei da capacidade dele principalmente para Maratona", finalizou Avancini.

 

Para o segundo colocado, Luiz Henrique Cocuzzi (Soul Bikes), foi um bom começo já que está estreando com uma nova bike. "Foi muito boa, esse ano estou vindo muito bem, peguei uma bike nova e estou me adaptando. Hoje deu pra sentir  como vai ser o fim de semana. Estou muito contente e confiante", disse e complementou "O circuito ficou maravilhoso, agora sim ficou divertido, antes a gente sofria, agora a gente sofre com bastante diversão", finalizou Cocuzzi.

No feminino, o pódio deu dobradinha para a Argentina já que a segunda colocação ficou com Agustina Apaza que finalizou com 17:52.156. Completou o terceiro lugar, Karen Olímpio (Corinthians Bike Team) com 18:05.001 . A mais rápida, Paula Quiros, completou o percurso com 17.29.631. “Viemos buscar a melhor colocação mas não esperava ser a primeira no XCT”, disse Paula. “Eu gostei muito do circuito, sabia que ia estar molhado pela chuva e ficou muito rápido e divertido. Estou muito feliz com a colocação”, afirmou.

Agustina Apaza afirmou que o resultado foi uma surpresa. “Esperava ter um dia bom, mas não com duas representantes argentinas no topo. Tinha um objetivo de buscar um lugar entre as cinco melhores porque eu sei que no Brasil as atletas são fortes e ainda tem Jovana da Sérvia, foi uma surpresa estar entre as duas primeiras”, comentou.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Please reload

Procurar por Tags
Nosso canal no Youtube
logo timeraiz.png
logoLPH.png