Cannondale apresenta a Scalpel 2021 com novo FlexPivot, geometria agressiva e mais leve


A Cannondale, marca líder do grupo canadense Dorel Industries, Inc, anunciou na manhã desta quinta-feira (21) a mais recente evolução da lendária Scalpel. Com um modelo de suspensão inovador, geometria agressiva e bem leve, o novo quadro proporciona aos ciclistas tração incomparável, eficiência extraordinária e controle inabalável em cada trecho da montanha. A bike possui desempenho para vencer as mais difíceis etapas de Copa do Mundo de mountain bike, entregando, ao mesmo tempo, muita diversão na hora de engolir as trilhas.

A nova Scalpel é uma das mountain bikes full suspension mais leves do mercado, mas essa nem é a melhor característica da bike. O ponto-chave do seu desempenho extraordinário é a nova suspensão FlexPivot da Cannondale. Incrivelmente durável e flexível, o FlexPivot é uma balança traseira patenteada, construída com o que há de mais avançado em fibra de carbono, formando um pivô Horst-link, mais leve e rígido que rolamentos, sem a necessidade de manutenção. Ele trabalha em perfeita sintonia com o shock traseiro para absorver os impactos do terreno. Isso também permite que a suspensão da bicicleta e a sensação geral do quadro sejam ajustados de forma personalizada, em função do tamanho, com as técnicas de construção Proportional Response da Cannondale. Enquanto outras marcas sacrificam o desempenho para reduzir o peso, a suspensão FlexPivot proporciona ambos os elementos, permitindo uma pedalada ultraleve, com aderência, aceleração e controle extraordinários.

Com pouco mais de 1.900 gramas, juntamente com o amortecedor, no tamanho M e com carbono High-Mod, a nova Scalpel apresenta um dos mais leves quadros de mountain bike full suspension já produzidos. A traseira da bike, com desvio Ai da Cannondale, fornece folga para pneus grandes de 2,4 pol, enquanto mantém os chainstays curtos para proporcionar tração e agilidade. A geometria progressiva da Scalpel evoluiu ainda mais com um ângulo do tubo dianteiro um grau e meio mais relaxado e com o ângulo do tubo de selim um grau mais íngreme em comparação com o modelo anterior. Isso, em combinação com o deslocamento de 55mm do eixo dianteiro da Lefty, configura a mais recente versão da geometria OutFront da Cannondale, proporcionando aos ciclistas mais estabilidade e confiança quando o ritmo acelera, mas mantendo aquela direção arisca de cross-country.

Para os ciclistas de maratona e para os viciados em alta velocidade, existe a versão Scalpel SE. Ela intensifica a capacidade de trilha da Scalpel, aumentando o curso de 100 mm (dianteira e traseira) para 120 mm (dianteira e traseira), deixando a bike ainda mais slack. A combinação de pneus de 29 polegadas com maior volume e um canote retrátil proporcionam velocidade extraordinária e capacidade abrangente. É a máquina perfeita para ciclistas que preferem uma bicicleta de trilha super leve.

Clique na imagem para ampliar

Enquanto a suspensão é a protagonista da configuração da Scalpel, as bicicletas também apresentam o novo Kit STASH da Cannondale. Embutido no tubo inferior da bicicleta, abaixo do suporte de caramanhola, o kit STASH tem tudo o que é necessário para ajustes rápidos nas trilhas, tendo espaço suficiente para uma mini ferramenta Fabric 8 em1, kit de reparo tubeless e CO2.

A partir de junho deste ano, a nova Scalpel estará disponível no Brasil, incialmente, em seis modelos: HM 1, Carbon 2, Carbon 2 feminina, Carbon 3, Carbon 4, além da Scalpel SE 1. Mais modelos serão anunciados em breve. A Scalpel variará nos seguintes tamanhos: P, M, G, GG; e o modelo para mulheres estará disponível em P, M, G.

#Lançamento #MTBXCO

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png