top of page

Avancini encara Mundial de MTB na Itália, após os Jogos de Tóquio



Campeão mundial na Itália, o brasileiro Henrique Avancini encara o seu primeiro grande desafio pós-Jogos de Tóquio no país de grandes lembranças a ele. Em Val di Sole (ITA), o ciclista fluminense disputa o Campeonato Mundial de Mountain Bike XCO, a partir desta semana, diante dos melhores atletas do mundo. E o público brasileiro pode acompanhar todas as emoções em transmissão ao vivo, pela Red Bull TV, por meio do link https://www.redbull.com/br-pt/events/uci-mountain-bike-world-championships-val-di-sole/


“O Campeonato Mundial é sempre importante, uma data marcante para os atletas do MTB. Neste ano, nós temos a disputa pelo título mundial de short track (XCC) também em formato diferente. Na terça-feira, temos que passar por uma qualificatória, em que avançam só os 20 primeiros de cada bateria. Na quinta-feira, temos a disputa pelo lugar mais alto do pódio. Já no sábado, nós voltamos a competir pelo troféu do XCO”, afirma Henrique Avancini, atleta da equipe Cannondale Factory Racing.


Top 10 do ranking internacional da UCI, Avancini já faturou o título mundial de maratona na Itália, assim como o seu primeiro pódio em Copas do Mundo ocorreu no palco desta semana. “Val di Sole é um lugar que eu já tive grandes experiências, onde gosto de competir e me sinto bem. Estou muito motivado em competir neste país. Também gosto de visitar a arena e, nesta reta final de temporada, quero buscar me reencontrar nas pistas. Esse ano tem sido bem desafiador pra mim em vários aspectos”, analisa o brasileiro.


A disputa pela rainbow jersey será bastante acirrada. O holandês Mathieu Van der Poel, o alemão Manuel Fumic, os franceses Maxime Marotte, Victor Koretzky, Titouan Carod, além dos suíços Nino Schurter e de Mathias Flueckiger, este líder do ranking internacional, estão confirmados para a prova.


“Tenho esperanças de que agora estou no processo de crescente, e voltar a competir nos grandes eventos na Europa é sempre bom. Essa é minha motivação. Geralmente, gosto de ir para as provas com uma ambição bem clara, com objetivos claros, como eu quero performar e qual é minha faixa de resultados que eu almejo. Dessa vez, estou me preocupando mais com minhas sensações individuais do que com outras coisas. Estou respeitando esse meu momento de agora”, completa o brasileiro.


Na categoria feminina, a disputa também promete ser bem eletrizante. O Brasil será representado por Leticia Cândido. A competição também contará com a estadunidense Kate Courtney, a suíça Jolanda Neff, a francesa Pauline Ferrand Prevot e a australiana Rebecca McConnell, entre outros astros do MTB.


O público brasileiro poderá acompanhar todas as emoções do XCC e do XCO, assim como do DH, a partir desta quinta-feira (26), pela Red Bull TV, por meio do link https://www.redbull.com/br-pt/events/uci-mountain-bike-world-championships-val-di-sole/ , em português. Quem estará no comando das transmissões é Luciano ‘KDra’ Lancellotti. A comentarista do cross country é Vivi Favery, enquanto Eduardo Arruda é o especialista de downhill.


SERVIÇO:


Dia 26/08 - XCC, a partir das 11h45 (horário de Brasília)


Dia 28/08 - XCO feminino, a partir das 7h40 (horário de Brasília); e XCO masculino, a partir das 10h25 (horário de Brasília)


Dia 29/08 - DH feminino e masculino, a partir das 9h30 (horário de Brasília)


Transmissão: Pela Red Bull TV, por meio do link https://win.gs/3eDzoCq ; pelo aplicativo da Red Bull TV, disponível aos sistemas Android e IOS; por smartvs ou por dispositivos de streaming, como a Roku.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
bottom of page