top of page

Brasil encerra participação na Copa do Mundo de Paraciclismo do Canadá com seis medalhas


Lauro levou prata na resistência / Juan Benavent

A equipe brasileira de paraciclismo finalizou sua participação na Copa do Mundo do Canadá neste domingo (7/8) conquistando mais duas medalhas. Lauro Chaman (MC5) e Carlos Soares (MC1) levaram a prata na prova de resistência.


"Sou muito grato de poder subir ao pódio da Copa do Mundo vestido com a camisa de campeão mundial. O nível aqui no Canadá foi bem forte, todos os atletas estão se preparando para o Mundial, que acontece na proxima semana, então a corrida foi muito seletiva e técnica. Estou me sentindo bem e fiquei feliz por ter brigado pelo ouro até os metros finais", destacou Lauro.


Entre os demais brasileiros, André Grizante (MC4), terminou na 12 posição, Victor Luise (MC2) na 8a colocação e Lucas Francisco (MC2) no 13° lugar. Victoria Barbosa (WC2) finalizou em 8° lugar, Ana Raquel (WC5) ficou em 10° e Telma Aparecida (WC5) no 11° lugar.


Na tandem, Gilce Cortes e Micheli Bernardeli (Piloto) completaram na 8a colocação. Os resultados completos de todas as categorias podem ser encontrados através do link:http://www.rsstiming.com/Resultats/UCIPara/RoadWCp/2022Quebec/Quebec2022.htm


A seleção conquistou seis medalhas no total. Os outros resultados foram conquistados por Jady Malavazzi, que levou dois bronzes, Lauro Chaman e Carlos Soares, ambos bronze no contrarrelógio.


Os brasileiros se preparam agora para disputar o campeonato mundial de paraciclismo de estrada entre os dias 11 e 14 de agosto, na cidade de Baie-Comeau, no Canadá. Lauro Chaman é o atual campeão mundial e estará defendendo o título na prova de resistência.

Comments


Siga o Planeta da Bike

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Nosso canal no Youtube

bottom of page