CIMTB: pista de XCO em Taubaté garante fluidez e diversão a competidores



A pista de Cross Country Olímpico (XCO) da etapa de Taubaté da CIMTB Michelin está pronta. O percurso que está localizado no Parque Municipal Vale do Itaim já tinha o trajeto traçado e passou por modernizações para a realização da CIMTB Michelin que está marcada para de 6 a 8 de novembro. De acordo com o treinador Rodney Hoffmann, com as mudanças os atletas terão mais fluidez e diversão no percurso. E, segundo o construtor do percurso, Valmor Hausmann, a pista é marcada por saltos e também paredões para manter a fluidez.

Rock Garden na pista de Taubaté / Reprodução vídeo

“Era um percurso que não tinha muito obstáculo natural, era duro, mas não tinha árvores, raízes, ou pedras, por exemplo. Então aproveitamos bem o relevo e para modernizar o XCO, acrescentamos rampas e drops. E essa vai ser uma das pistas de XCO com mais saltos no Brasil. Enquanto em Araxá tem cerca de seis ou sete, em Taubaté são mais de dez, mas todos seguros e os mais difíceis com a opção de percurso alternativo, mais fácil. Também priorizamos as descidas para embalar para a subida e foram feitos paredões para garantir a fluidez e conseguir aproveitar a inércia da descida e conectar com a subida”, explicou Valmor.


Hausmann adiantou que a dica para os atletas é aprender a impulsionar a bicicleta para cima. “Conseguindo impulsionar a bicicleta de forma correta, o competidor encaixa bem a recepção para pegar velocidade. Tem saltos grandes e vai ser um desafio para grande parte do pessoal. Mas todos são fáceis, é só vir na velocidade e levitar a bicicleta. Está bem divertido”, afirmou.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube
cannondale.png
shimano.png
sa bs.png
MFT.png
CIMTB.png
logoLPH.png
SFEST.png
Fran Logo Branco.png