Fariba Hashimi conquista o Campeonato Nacional Afegão de Estrada realizado na Suíça


Fariba Hashimi comemorando o título / Reprodução Twitter CMC -UCI

Organizado na Suíça, no último domingo (23) como uma exceção devido ao conflito no Afeganistão, o Campeonato Feminino de Estrada do Afeganistão reuniu 50 atletas refugiadas, agora residentes em diferentes países da Europa, bem como em Cingapura e no Canadá, para iniciar e terminar seus Campeonatos Nacionais no Centro Mundial de Ciclismo (CMC) da União Ciclística Internacional (UCI) em Aigle.


Depois de uma largada neutra para deixar a cidade de Aigle, a corrida começou a sério com um grupo líder de seis ciclistas se formando rapidamente. Na primeira subida para a vila de Yvorne, duas atletas, Masomah Ali Zada ​​– que competiu nas Olimpíadas de Tóquio-2020 como parte da Equipe de Refugiados do Comitê Olímpico Internacional – e Arezo Sarwari se distanciaram. Quando as líderes desceram de Yvorne, Fariba Hashimi e sua irmã mais velha Yulduz estavam sozinhas na frente.

As irmãs trabalharam juntas pelo restante da corrida de 57 km, aumentando consistentemente sua liderança em relação as suas duas perseguidoras, Nooria Mohammadi e Zahra Rezayee. A 5km do final, as irmãs Hashimi tinham cinco minutos de vantagem sobre as duas rivais mais próximas e era apenas uma questão de qual membro da família se tornaria Campeã Nacional.


No sprint final, foi Fariba quem levou a melhor sobre a irmã mais velha para levar a medalha de ouro, ambas terminando em 1h32min40seg. “Não achei que ia ganhar, achei que seria minha irmã”, disse a nova Campeã Nacional do Afeganistão.

Sua irmã acrescentou: “Conversamos durante a corrida e trabalhamos juntos, e é por isso que conseguimos ficar tão à frente”.


Pódio do Campeonato Afegão / Reprodução Twitter CMC -UCI

A medalha de bronze foi para Zahra Rezayee, que ganhou alguns segundos de vantagem sobre Mohammadi ao sair de uma rotatória a 500m do final. As duas mulheres cruzaram a linha seis minutos depois das medalhistas de ouro e prata. As irmãs Hashimi, Rezayee e Mohammadi, todas residem na Itália e participam da equipe continental feminina da UCI Valcar - Travel & Service. Como são todas sub-23, os pódios das categorias Women Elite e Women Sub-23 foram os mesmos.

Uma grande surpresa para as irmãs vencedoras foi a oferta de se juntarem à equipe profissional Israel Premier Tech Roland. A oferta veio do proprietário ao time, Sylvan Adams, que esteve presente em Aigle para o Campeonato Feminino de Estrada do Afeganistão. No próximo ano, Fariba e Yulduz Hashimi se juntarão à equipe que se candidatou para renovar seu status de UCI Women's WorldTeam para 2023.


O Campeonato Feminino de Estrada do Afeganistão faz parte dos esforços contínuos da UCI e seus parceiros para apoiar e ajudar a Federação Afegã de Ciclismo .

Eles foram organizados pelo Centro Mundial de Ciclismo UCI, a Federação Afegã de Ciclismo, o comitê organizador do Tour du Pays de Vaud e a Comuna de Aigle.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube