top of page

Festival Vamos Passear faz a alegria de famílias reunidas em Porto Alegre (RS)


Depois do Passeio de Bike, grupo no pódio (Ane Meira Mancio / ZDL)

A manhã deste domingo (30) foi de muito frio em Porto Alegre (RS). Mas, nem a temperatura de oito graus, no início do evento, às 7h, diminuiu a animação de quem esteve no Parque Marinha do Brasil, na Praia de Belas, para participar da etapa gaúcha do Festival Vamos Passear, realizado pela primeira vez na cidade.


O Festival Vamos Passear reuniu 1.800 participantes, com o Passeio de Bike de 10 km, seguido da Caminhada, com 3 km. E, depois, espaço para a criançada, com a Corrida Infantil e percursos de 50 m a 400 m, de acordo com a faixa etária. Paralelamente, diversas atividades gratuitas, abertas ao público, movimentaram quem esteve no local. O evento teve também yoga, pilates, fitdance, skate, esportes de areia e em quadra poliesportiva.


Ao longo da manhã, a temperatura não passou de 12 graus, mas a animação foi só aumentando com a realização das atividades. Famílias inteiras, casais, amigos, participantes de todas as idades estiveram no evento, que une esporte e saúde, com muito lazer e diversão. Inclusivo, é voltado também para pessoas com deficiência intelectual ou cognitiva.


Fãs de corrida, o casal Robson Sabino, 44 anos, e Janaína Moreira, 43 anos, optou pelo Passeio de Bike, primeira atividade do dia a largar. "Bicicleta não está na nossa rotina", disse Janaína. "Como a gente já pratica bastante atividade física, corremos, então diversificamos e escolhemos algo diferente", completou Robson.


Já Tainara Alebran, 34 anos, convidou a mãe Sílvia de Oliveira, 57 anos, para participar da caminhada. "Começamos agora. Eu já tenho um pouco mais de participações, mas arrastei a mãe. Para mim, a questão é de qualidade de vida, de saúde. E com a mãe junto, a gente fica mais animada", garantiu Tainara.


O Vamos Passear é o segundo evento esportivo da mãe da jovem. "A prática esportiva está sendo tudo, porque chega uma fase da vida, eu com quase 60 anos, onde parece que se a gente não fizer nada de exercício, a vida fica muito chata, essa é a verdade. Para mim, é vida", observou Sílvia. "Uma anima a outra, quando uma não está muito disposta, a outra dá um puxão. Mesmo com todo o frio", divertem-se.


Famílias fazem a festa no evento - Famílias inteiras participaram do evento. O militar Maurício Martins Nunes, 35 anos, já tem a corrida por hábito. Para o Festival Vamos Passear, ele convidou a esposa, Josiane Bittencourt Catelan, 30 anos, levou a filha Alícia (dois anos) e engajou os amigos Amanda Santos e Erick Goulart (ambos com 24 anos), que também estiveram com os filhos Manuela (um ano) e Antônio (sete anos)."Comecei e agora estou inserindo a minha esposa e a minha filha, e também convidei os nossos amigos, aí entramos todos nesse meio mais esportivo e saudável" contou o militar.


"Meu marido convidou todo mundo e viemos. Das outras vezes, ele participava e vínhamos torcer, fazíamos cartaz. Dessa vez, ele foi o ânimo para a gente vir. Disse: vamos todos, porque pode criança, daí bota no sling, bota no carrinho, vai caminhando e está tudo certo. Desde pequenos eles aprendem que é bom caminhar. Principalmente assim, que é evento de família, podendo levar junto é o melhor, com atividade para todos os gostos", destacou Josiane.


Robson e Janaína (Ane Meira Mancio / ZDL)

Entre as muitas famílias que estiveram no evento, Elen Silva, 37 anos, participou com o filho pet Scott, um cãozinho da raça shitzu de dois anos. "O Vamos Passear é o primeiro evento dele. Eu participo de um grupo de corrida e nessa eu tive a oportunidade de trazer o Scott, por ser algo familiar. Então, eu inscrevi como kids, porque eu queria muito que ele participasse. Para mim o esporte é tudo: terapia, saúde física, mental. Todas as pessoas que estão aqui comigo, fui eu que incentivei. Somos 23 amigos, contando o Scott. E todas as vezes que a gente puder trazer mais gente, trarei", afirmou Elen.


A tia Juciléia Eberhardt, 30 anos, participa de grupos de corrida estimulada pela empresa, onde trabalha e viu no Festival Vamos Passear a oportunidade perfeita para levar as sobrinhas Laís Maia, dez anos, e Laura Maia, quatro anos, que participaram da Corrida Infantil.


Carlos Roberto Teixeira de Freitas, 47 anos, levou a filha Ágata Freitas, seis anos, para disputar a Corrida Infantil. "A mãe dela já participa de corridas, mas ela gosta bastante de atividades físicas, faz judô, ginástica olímpica e está sempre conosco. Essa é a segunda corrida dela". A pequena atleta comemorou a participação exibindo a medalha, prêmio dado a todos os participantes: "Eu achei bem legal".


Skate foi destaque - Outras modalidades também fizeram sucesso, entre elas o skate. A farmacêutica Fabiane Mattos Leffa, 47 anos, levou a filha Laura Leffa Rosa, 11 anos, para curtir a corrida e aproveitar para praticar um pouco de skate. "Há uns dois anos ela pediu pra gente um skate, mas ela não pratica tanto, ainda tem medo de ir para as pistas. Como também faz dança, acaba não praticando por causa da falta de tempo", contou Fabiane. "Quando a gente soube do evento, ela disse 'mãe, vou levar o meu skate'. Eu nem sabia que ia ter instrutores e ela adorou", completou.


Fabiane faz trilha e corridas de rua e também aproveitou as atividades. "Quando vi que teria a caminhada, disse vamos lá, é uma oportunidade de mexer o corpo também, pra brincar sem ser competitivo. Um evento assim é importante para valorizar o esporte, a integração, essa questão da família presente e para incentivar as crianças para uma vida mais saudável", afirmou.


O organizador do evento, Tarcísio Viana, da Sagaz Esportes, fez um balanço muito positivo. "Essa foi a primeira edição do Vamos Passear em Porto Alegre e ficamos bem felizes. Tivemos 1.200 participantes só na caminhada, 300 na bike e 300 crianças correram. Estamos saindo muito felizes daqui para a próxima etapa. O Vamos Passear Porto Alegre foi muito gratificante", comemorou.


Agora, o Festival Vamos Passear segue para Recife (PE), no próximo domingo, dia 6 de agosto. O evento chega a 2023 maior e com Festival no nome, em um total de sete etapas, duas a mais do que no ano passado. E nesta edição, passou a contar com novo formato de arena, com mais atividades, assim como uma estrutura de área de alimentação, com a presença de food trucks.


Etapas de 2023 Brasília (DF) - 1º e 2.07 - já realizada São Paulo (SP) - 8 e 9.07 – já realizada Porto Alegre (RS) - 30.07 Recife (PE) - 6.08 Belém (PA)- 13.08 Salvador (BA)- 20.08 Rio de Janeiro (RJ) - 2 e 3.09

Comentarios


Siga o Planeta da Bike

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Nosso canal no Youtube

bottom of page