Henrique Avancini fica em sétimo no Mundial de XCO


Avancini em ação na Italia / Michelle Mondini


Henrique Avancini ficou com a 7ª posição no Campeonato Mundial de Mountain Bike Cross Country (XCO), prova disputada na manhã desse sábado em Val di Sole, Itália. Na quinta-feira, o ciclista brasileiro já havia conquistado o vice-campeonato mundial na modalidade short track (XCC).


Na prova de hoje, Avancini largou bem e assumiu a ponta nos primeiros trechos da prova. O atleta brasileiro pilotou pela liderança até os dois pilotos suíços, Nino Schurter e Mathias Flueckiger, abrirem uma vantagem na segunda volta. Ambos conseguiram se descolar do pelotão da frente e brigaram sozinhos até o final, com Schurter pulando para a primeira posição nos últimos metros, e terminando na liderança com o tempo de 1h22min31seg. O francês Victor Koretzky ficou com a terceira posição.


Avancini, da equipe Cannondale Factory Racing, fez uma corrida técnica e com muita raça, brigando até o final no segundo pelotão pelo Top 10. Nas últimas curvas, o atleta brasileiro garantiu a sétima posição, com o tempo de 1h23min01seg, logo atrás de Sam Gaze, da Nova Zelândia.


A Itália é um palco de grandes marcos para Avancini, que nas Olimpíadas de Tóquio ficou com a 13ª colocação. Foi em Val di Sole que o atleta conquistou seu primeiro pódio em provas da Copa do Mundo, em 2018. Na ocasião, foi 4º colocado na prova de Cross Country (XCO).


Na terra da bota ele também agora dois feitos em mundiais: o vice-campeonato conquistado na quinta-feira passada na categoria short track (XCC) e o título mundial na categoria maratona (XCM) vencido em 2018, mas em Auronzo di Cadore.


Três atletas da equipe Caloi / Henrique Avancini Racing disputaram a prova desse sábado. O baiano Ulan Galinsky ficou na 49ª posição. Guilherme Muller ficou com a 61ª posição, enquanto Edson Rezende foi 79º.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube