top of page

Isapa, uma das maiores distribuidoras de peças, componentes e acessórios para bicicleta do Brasil, investe R$ 40 milhões em novo centro de distribuição na Paraíba



Aproximadamente 14 mil m², mais de 100 colaboradores, mais de 20 mil itens em estoque e um investimento de R$40 milhões. Estes números são referentes ao novo Centro de Distribuição do Grupo Isapa, inaugurado no último mês de fevereiro na cidade de Conde-PB. A inauguração é parte de um movimento para a expansão das atividades da corporação no Nordeste brasileiro, visando o desenvolvimento local e o mercado dos 9 estados da região. 


Há dois anos a Isapa já alugava um centro de distribuição na Paraíba, quando a diretoria decidiu pelo investimento em um espaço próprio. No espaço, funcionarão atividades das unidades de bicicletas e de automóveis da empresa, além de operações da Motociclo - especializada no mercado de motocicletas. 

 

A Isapa, que recentemente completou 60 anos de trajetória, é uma das maiores distribuidoras do mercado de bicicletas do país, com mais de 10 mil clientes em todo o Brasil. 

 


“Nosso objetivo é sempre melhorar o serviço e o atendimento para os clientes, nesse caso especificamente da região Nordeste. Pretendemos diminuir o tempo de entrega, melhorar a qualidade do serviço e aumentar a agilidade e a eficiência”, explica Daniel Douek, diretor da Isapa. 

 

A expectativa da distribuidora é de crescimento de aproximadamente 30% em toda a região Nordeste nos próximos meses. 

 

“Quem conhece a Isapa sabe como trabalhamos, sempre com foco no que é melhor. Nesse caso, investimos nas melhores práticas logísticas, nas melhores máquinas e nas melhores tecnologias possíveis para este CD. É um valor bem alto para nós, mas acreditamos que é o melhor caminho”, complementa Douek. 

 

Resumo do novo centro :

Área total: 14.209m²

Colaboradores: 102 pessoas

Capacidade de armazenagem: 15.255 paletes

Endereços de picking: 30.369

Itens em estoque: mais de 22 mil

Docas: 18

Empilhadeiras elétricas: 9


De acordo com alguns números, o momento do mercado brasileiro de bicicletas é desafiador. Dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) apontam volume 21% menor na produção em relação ao ano passado; segundo a Aliança Bike, as vendas recuaram 15% em 2023. 


Mesmo com os dados acima, que podem supor instabilidade, a Isapa trabalha com otimismo. Para além do novo Centro de Distribuição, Douek aposta em um ano positivo para a distribuidora. 


“Estamos muito otimistas. O ano já começou bom, nestes primeiros meses, e acredito que tem tudo para ser ainda melhor. O que estamos observando nesse início de ano é que o mercado de bicicletas no geral continua bem forte”, complementa.

Comments


Siga o Planeta da Bike

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Nosso canal no Youtube

bottom of page