MTB Festival por Raiza Goulão


Raiza comemorando / Alemão Silva

"Fim de semana bastante produtivo no MTB Festival, prova que deu início a uma sequência de quatro finais de semana competindo consecutivos, para então encerrar minha temporada oficialmente.


A prova do XCO era classe 1, ou seja, ofertava 60 pontos (importantes) aos vencedores nos rankings olímpico e mundial. O MTB Festival já faz parte do nosso calendário, uma vez que acontece praticamente todos os anos desde sua fundação.


O percurso não sofreu tantas alterações, embora tenha ficado até mais rápido do que anos anteriores, exigindo também mais força.


No XCC, na sexta-feira, não fiquei feliz com meu resultado, porque como atleta sempre buscamos o primeiro lugar. Acabei errando na estratégia, o que custou bastante, ficando em segundo lugar. De qualquer forma, serviu de aprendizagem pro domingo.


No domingo, dia do XCO, ajustei a estratégia e mantive a mente no lugar, esperando o momento certo para crescer dentro da prova e fazer o meu melhor, sem pensar nas adversárias.


Na sexta tivemos frio e chuva, mas no sábado o tempo virou e a pista secou para o domingo. O set-up da minha Oggi Cattura se manteve, com pneus Kenda com Rush na dianteira e o Honey Badger na traseira. Usei minha coroa oval da Rotor, com 32 dentes, ajustando bem a calibragem dos pneus.


Agradeço nosso chefe de equipe, o Edu Ramires, por sempre nos unir e usar todas as suas forças para oferecer a melhor estrutura junto a nossa equipe, Squadra Oggi.


Fiquei feliz com essa primeira prova e agora vou para Congonhas, em Minas Gerais. Lá, defendo a camiseta de líder geral da Super Elite feminina da CIMTB, para depois competir no Sul-Americano e no Campeonato Brasileiro, ambas provas nos dois primeiros finais de semana de outubro." Por Raiza Goulão.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube