Paraciclista Ewoud Vromant quebra Recorde da Hora


Vromant com os filhos no pódio / UCI - divulgação

O paraciclista belga Ewoud Vromant (C2) quebrou no sábado (16) o Recorde da Hora da UCI, percorrendo a distância de 46.521 quilômetros no Tissot Velodrome em Grenchen, Suíça.


O desempenho de Ewoud Vromant é uma continuação de seus resultados de classe mundial nos últimos anos, que incluem uma medalha de prata no Contra-relógio Individual nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e várias medalhas no Campeonato Mundial de Paraciclismo de Estrada de 2019 da UCI. Vromant tira o recorde de horas da UCI do irlandês Colin Lynch, que percorreu 43.133 quilômetros em 1 de outubro de 2016 em Manchester (Grã-Bretanha).


Após sua tentativa bem-sucedida, Ewoud Vromant disse: Depois de sua tentativa bem-sucedida, Ewoud Vromant disse: "Foi muito mais difícil do que eu pensava, esperava-se que eu pedalasse nos primeiros 20 minutos com alguma reserva e depois fizesse tudo no segundo tempo, mas depois de 15 minutos já estava no meu limite, mas consegui manter o ritmo e o tempo da volta. Estou super feliz com minha distância e meu tempo de volta que foi muito consistente.


A Suíça não fica tão longe da Bélgica, então minha família e amigos vieram apoiar. Às vezes eu podia ouvir as vozes dos meus filhos e do meu irmão, o que me ajudou muito."


Hoje, a dupla tandem (WB) de Griet Hoet e Anneleen Monsieur, que foram medalhistas de bronze na pista nos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020, tentou superar a marca de 42.930 quilômetros estabelecida pelos australianos Lindy Hou e Tolrrasa Gallagher em 19 de setembro de 2005 em Sydney, Austrália).


No entanto, a dupla não conseguiu completar os sessenta minutos depois que Griet Hoet desmaiou antes do final da tentativa de recorde. Ambos os pilotos estão seguros e nenhuma queda foi relatada. A UCI deseja a Griet Hoet uma rápida recuperação.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube