Sam Bennett retorna à Bora-Hansgrohe, após dois anos na Deceuninck - Quick-Step


Sam Bennet quando era da Bora / @bettiniphoto

Depois de dois anos separados, o irlandês Sam Bennett, que estava na equipe belga Deceuninck - Quick-Step, retorna a equipe alemã Bora-Hansgrohe. Ele terá o reforço de Danny van Poppel (Hol), Shane Archbold (NZL) e Ryan Mullen (Irl), Sam será acompanhado por um poderoso esquadrão de sprint. Todos os quatro pilotos assinaram contratos de dois anos.


Sam é indiscutivelmente um dos melhores velocistas do mundo e provou isso ao ganhar a camisa verde no Tour de France de 2020. A Bora montou um forte trem de velocidade para ele. Danny, em particular, terá um papel fundamental. Como velocista, ele tem a experiência e a velocidade para se posicionar e se impor em sprints. Ryan tem o ritmo rápido necessário para manter os outros ciclistas em posição à frente no quilômetro final.


“ Estou muito animado para voltar à Bora-Hansgrohe. Tive seis anos incríveis com esta equipe e realmente sinto que cresci como um piloto profissional durante este período. Foi uma decisão muito difícil de sair, mas decidi que precisava continuar meu desenvolvimento profissional e pessoal em um novo ambiente. Embora alguns possam ter questionado minha decisão na época, acredito que seja a jogada certa para mim retornar ao time. Tive de dois anos excelentes na Deceuninck - Quick-Step, a minha equipe dos sonhos de infância, e continuei o meu desenvolvimento dentro e fora da bike enquanto fazia amizades para a vida toda. No entanto, sinto-me pronto para voltar para casa e ser o líder da equipe que quero ser, e conhecendo a Bora também sei que eles querem. O time mudou em relação a minha época, mas o grupo principal de pessoas responsáveis ​​pelo ambiente de sucesso da equipe permanece. Estou pronto para abraçar o papel de líder de equipe, para ajudar a impulsionar a equipe para que possamos vencer juntos", disse Sam Bennett.


“Estou realmente ansioso pelo novo desafio, porque a Bora-Hansgrohe é uma equipe muito profissional. Para mim, um novo capítulo da minha carreira vai começar, porque até agora sempre fui um velocista e agora vou me concentrar totalmente na liderança. Então, vou apoiar Sam com o melhor de minha capacidade. Vai ser emocionante. Sam não é apenas um dos homens mais rápidos do pelotão, ele também é um cara muito legal " , falou Danny van Poppel.



Shane Archbold falou sobre o retorno a Bora.



“É bom ter a oportunidade de voltar ã equipe e estou realmente motivado para construir o sucesso que tivemos juntos no passado. Tenho um ótimo relacionamento com a equipe e estou ansioso para me juntar a eles em 2022. Gostaria de agradecer a todos da Deceuninck - Quick-Step por algumas temporadas agradáveis ​​andando no Wolfpack e desejo à equipe o melhor para o futuro''.

"Tive ótimas quatro temporadas com Trek - Segafredo, mas estou realmente ansioso para um novo desafio com a Bora-Hansgrohe, um novo capítulo na minha carreira de ciclismo profissional. Estou vestindo a camisa com mais motivação e desejo de sucesso nas corridas nos próximos anos. Já existem alguns talentos incríveis na equipe e estou realmente ansioso para me juntar a eles e ficar preso. " - Ryan Mullen.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube