Taça Brasil de MTB XCO (SP) por Raiza Goulão


Raiza na pista cheia de lama na Taça Brasil São Paulo / Márcio Teixeira

"Cheguei a São Paulo na semana passada, para a disputa de mais uma etapa da Taça Brasil de XCO MTB neste ano, em meio a essa sequência grande de provas. Sem querer, estamos compensando o tempo parado nos últimos dois anos de pandemia com várias provas uma atrás da outra. Para esta competição, realizada entre sexta e domingo (18 a 20) eu estava com bom ritmo de prova, além de ter feito uma ótima semana de treinos, que tem como meta principal desempenhar bem na Copa do Mundo, em Petrópolis, no próximo mês.


A etapa paulistana da Taça Brasil de MTB XCO foi realizada no Lar Nossa Senhora, em Paralheiros, que fica no extremo sul da cidade, e encaixou bem no meu bloco de treinos. Estava me sentindo muito bem nos treinos realizados no local nos dois dias anteriores a corrida, mas infelizmente o nosso esporte conta um fator que não está no nosso controle, que é a vontade mãe natureza.


Com as chuvas que caíram, a pista transformou-se em num desafio muito maior, porque a gente pegou um momento em que parou de chover e saiu um sol, então o barro começou acumular muito na bike e a pregar no equipamento.


Durante os treinos na pista da Taça Brasil / Márcio Teixeira

Não tenho muito o que dizer da prova em si, porque foi uma luta minha com o meu equipamento para tentar empurrar a bike, algo que já era difícil. O set-up por mim escolhido não previa que o barro ia grudar tanto na bike, como de fato aconteceu. Infelizmente eu consegui pedalar o mínimo possível.


Tentei dar o meu máximo possível quando eu podia pedalar, só que foi uma luta minha com a própria bike. Levei 20 pontos conquistados no ranking internacional pela segunda colocação, mas ficou aquele gostinho de quero mais.


Era possível fazer uma boa prova, em condições normais, porque eu estava com uma ótima sensação em cima da bike um dia antes. Mas, as condições climáticas não ajudaram nem um pouco. Agora é hora de descansar, recuperar e fazer uma boa revisão em todo o meu equipamento para ele estar bem alinhado, porque no próximo domingo (27) vou correr a Estrada Real de Itabirito e na sequência temos as duas grandes provas deste início de temporada, CIMTB Michelin e Copa do Mundo de MTB.


Quero agradecer aqui, principalmente, ao chefe da minha equipe, o Edu Ramires, que deu todo apoio para nossa equipe Squadra Oggi. Ele sempre faz mil e uma coisas e está sempre com muita alegria, junto com a gente. Ele é uma pessoa que, simplesmente, transforma a equipe em uma família." Por Raiza Goulão.

Siga o Planeta da Bike
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
Nosso canal no Youtube